terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Julie & Julia

Título Original: Julie & Julia
Ano: 2009
Produção: EUA
Idioma: Inglês
Direção: Nora Ephron
Elenco: Amy Adams, Meryl Streep, Stanley Tucci, Chris Messina
Duração: 123 minutos

Parece filme de mulherzinha, mas só parece. Julie & Julia pode ser facilmente julgado pela capa e até um pouco difícil de se digerir, mas ao longo do filme ele se revela muito interessante, cativante e divertido. Com direção impecável e o melhor roteiro adaptado que já vi.
O fato mais incrível do filme pra mim é a presença de Amy Adams, a princesa Gisele do filme "Encantada". Ao ver aquele filme, a primeira coisa que pensei foi: "Que mico colossal! Essa menina num vai fazer mais nada na vida dela." Mas até mesmo naquele filme ela demonstra ser uma excelente atriz. Logo depois, a grande surpresa: Ser protagonista num filme junto com ninguém menos que Meryl Streep.

É um filme meio complicado, pois não dá pra chamar de drama, nem de comédia, nem de romance. É a história de duas mulheres, em épocas diferentes, tentando se apaixonar em fazer algo e encontram isso na culinária.

Julia Child é a esposa de um homem que trabalha em embaixadas americanas ao redor do mundo. Pelo fato de sempre mudar de cidade, ela não se dedica a nada. Até que se mudam pra Paris e Julia se torna a primeira cozinheira formada no instituto de culinária parisiense. Com isso ela ambiciona algo inédito: Escrever o primeiro livro de culinária francesa em inglês. E não somente em inglês, mas voltado para americanos. Então, ela revoluciona a cozinha americana se tornando muito famosa através de programas de TV e etc.

"Lobster Killer"








Julie Powell, que sempre foi fã de Julia, vive em NY encima de uma pizzaria e assim como Julia, não se dedica a nada especial na sua vida até que toma a decisão de se tornar uma chef autodidatamente (criei essa expressão agora hehe) guiando-se pelo livro de Julia, executando todas as receitas do livro em um prazo de um ano e ainda blogando tudo isso ao mesmo tempo.

Bom, quando digo "o melhor roteiro adaptado que já vi", não é brincadeira. O filme é muito bom. Não preciso falar nada sobre as interpretações de Meryl e Amy, muito menos de Stanley Tucci (adoro, adoro esse ator) pois eles conseguem nos fazer apaixonar mais ainda por eles. Ainda não conhecia Chris Messina, que no filme faz o namorado de Julie, mas ele consegue acompanhar todos muito bem. A direção,sem dúvida, não deixa a desejar em nenhum momento. Filme muito bem cortado e editado. Sabemos o quão difícil é trabalhar com duas histórias ao mesmo tempo ainda mais mudando de época, local, etc.

O roteiro se torna soberbo quando sabemos que foi adaptado não de um, mas de dois livros! Um dos livros conta a história de como Julia começou a cozinhar e o processo do livro que se tornou sucesso mundial. O outro é o livro escrito pela própria Julie Powell, sobre a experiência do blog de culinária.

O projeto do filme é realmente magnífico. Muito bem produzido e realizado, a senhora Nora Ephron merece que tiramos nosso chapéu.
Se você gosta de filmes de histórias reais sobre vitórias e vencedores, recomendo este pra você. É sempre muito prazeroso ver Meryl Streep na tela. Faça uma pipoca com MUITA manteiga (pois você não vai querer dar pause pra fazer uma boquinha, acredite: você vai precisar) e se delicie com essa obra prima do cinema contemporâneo. Bon Appétit!


Nome do Autor

Sobre o autor

Leo Jansen
Músico, Artista, Carioca, Daltônico, Nômade, Ex-cabeludo, Seminarista, Bloguero do Barco a Remo e é claro, Cinéfilo. Perfil Completo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

0 comentários:

Postar um comentário